Gestão de Pessoas

Como aprender a falar em público: perca o medo e descubra técnicas

16 min de leitura | 30 de agosto 2021

Falar em público é um medo muito comum compartilhado por diversas pessoas. Talvez esse seja o seu caso. Muitas vezes, quem pensa nisso, acredita que as pessoas que conseguem se expressar possuem um talento nato. Ou seja, se você não nasceu assim, nem precisa tentar. 

Isso não é verdade. Todo mundo pode aprender a se comunicar melhor em público, com algumas técnicas e treino. Até porque, até mesmo os grandes palestrantes fazem isso. Nenhum discurso memorável foi totalmente espontâneo. Ele é muito bem escrito e ensaiado para ser executado de forma impecável. 

Veja algumas dicas de como você pode perder o medo e aprender a falar bem em público.

 

A importância de saber falar bem em público

Você não precisa querer ser um palestrante ou apresentador para querer falar bem em público. Essa habilidade será exigida de você mais cedo ou mais tarde na sua trajetória profissional. Não tem jeito, crescer profissionalmente vai envolver se relacionar com mais pessoas, influenciá-las e liderá-las. Portanto, falar em público ainda é uma habilidade essencial no mundo corporativo. 

Basta olhar para as skills que são desejadas nas vagas de emprego anunciadas, veja se você não vai encontrar: “boa comunicação”, “facilidade em relacionamentos interpessoais”, “trabalho em equipe”, “liderança”. Isso não significa que você precise se tornar um conferencista. Porém, o mínimo esperado é que você saiba se comunicar claramente. 

 

Como perder o medo de falar em público?

Ter medo de falar em público é algo natural. Essa é uma situação que você fica bastante exposto, em frente de muitas pessoas. Portanto, ficar nervoso faz parte. Parte dessa ansiedade é contornada com a experiência. Quanto mais você falar em público, mais confortável você ficará com essa situação. Porém, outra parte vem de você mesmo. É possível reduzir esse nível de estresse, mesmo que você não tenha experiência. Veja como:

 

Tenha domínio sobre o assunto

Se você não tem experiência, não aceite um convite para falar sobre algo que você não possua completo domínio. A segurança que você tem sobre o assunto é o que vai te trazer segurança para compartilhá-lo com diversas outras pessoas. 

Se você vai dar uma palestra achando que o assunto não é muito a sua praia, isso não vai te ajudar em nada. Logo, estude bastante.

 

Conheça o seu público

Outro ponto importante é saber para quem você vai falar. É muito diferente falar para alunos do ensino médio e para executivos de empresas. A linguagem que você vai usar, o seu tempo limite, abertura para ser mais informal, entre diversas outras coisas vão ter que se adaptar. 

Portanto, sempre molde o seu discurso a sua audiência. Isso fará ele ser mais atraente.

 

Faça um roteiro

Muitas pessoas acreditam que os bons oradores falam tudo o que falam da própria cabeça, como se todo o discurso fosse inventado na hora. Isso faz as pessoas pensarem que falar em público só é possível para pessoas extrovertidas e espontâneas, o que não é verdade. 

Claro que comunicadores experientes vão saber jogar melhor com a platéia, ser mais espontâneos e se adaptar a situações. Porém, toda a base do seu discurso, inclusive as piadas, são roteirizadas. Não só roteirizadas como muito bem ensaiadas. Todo bom orador treina bastante o discurso que vai dar. Você deve fazer o mesmo. 

Escreva literalmente tudo o que você vai falar. Do “olá” até o “obrigado” passando pelas piadas, histórias e exemplos que você irá trazer. Depois, pratique em frente ao espelho. A ideia não é decorar literalmente todas as palavras, mas se sentir confortável e confiante com o texto. Leve os tópicos que você pretende abordar em uma folha de papel ou deixe no retorno, para você não se perder.

 

Utilize recursos visuais

Essa é uma dica que deve ser seguida com cuidado. Utilizar recursos visuais pode sim aumentar o engajamento com a sua audiência. Porém, fazê-lo de qualquer jeito pode ser um tiro no pé. 

Invista em uma boa sequência de slides que seja mais visual do que textual. A ideia é impactar por meio de imagens, o texto vai sair da sua boca. Acrescente na apresentação apenas frases ou tópicos importantes, nunca um parágrafo inteiro ou algo do tipo.

 

Erros comuns ao falar em público

Existem alguns erros que são muito comuns na hora de falar em público. Se você conseguir se esquivar deles, pode ter certeza que ganhar a atenção e simpatia da platéia vai ficar muito mais fácil. Confira agora algumas dicas do que você não deve fazer.

 

Ficar parado no mesmo lugar

Se o evento é um debate ou ele inclui mais pessoas junto com você, se manter em um lugar fixo pode até ser o esperado. Mas, se não, ficar parado pode trazer monotonia ao seu discurso. Isso porque há uma tendência de passearmos o olhar pela “cena”. Se for um debate, vamos olhar para cada convidado. Sendo apenas uma pessoa, se você não der um motivo para ela variar o olhar, certamente ela vai acabar focando em outra coisa, que não você. Portanto, se mova! 

Não precisa ser algo exagerado. Apenas permita-se caminhar pelo espaço que você tiver. Se conseguir, visite antes o lugar, estude o ambiente e planeje a sua movimentação.

 

Manter os braços cruzados

Esse tipo de postura não te ajuda em nada na hora de falar em público. Toda vez que nos sentimos inseguros temos tendência a nos “fechar”. Cruzar os braços é uma postura instintiva que indica uma tentativa de defesa ou até de auto acolhimento, como se indicasse quase um abraço em si mesmo. De todo modo, o que ele transmite é insegurança e gera um afastamento com a sua audiência. 

Opte por manter-se ereto e de braços abertos. Além de transmitir mais acolhimento ao público, isso também ajuda em uma melhor propagação da voz. 

 

Fixar o olhar em um ponto

Olhar fixamente para um único ponto enquanto fala, vai tornar a sua apresentação robótica. A impressão que passa é que você não está percebendo o ambiente a sua volta, que tem medo dele ou que não quer estar alí. 

Sendo assim, passeie o olhar pelo local. Se você acha que vai te deixar nervoso olhar para as pessoas, olhe para o fundo da sala e vá mudando o seu foco ao longo da conversa.

 

Como falar bem em público?

Se você seguir as dicas para perder o medo de falar em público, você já tem um bom material e exercícios para fazer que vão te deixar preparado para esse momento. Agora, como torná-lo melhor? Como fazer uma fala boa se tornar ótima? Algo realmente impactante? Para isso, é preciso tomar alguns outros cuidados. Veja agora como você pode aperfeiçoar essa técnica. 

 

Conte histórias

Quando você pensa nas matérias que você aprendeu no Ensino Médio, é bem provável que boa parte daqueles conceitos você já tenha esquecido. Agora, duvido que você não lembre das histórias que seu professor contou na sala. Talvez até se lembre mais de algum conceito, porque o professor o inseriu em uma história. 

A história tem o poder de potencializar as memórias, porque ela incita as emoções. Toda memória conectada a uma emoção tem maior propensão de ser lembrada. Portanto, se você deseja que o seu público lembre da sua fala, conte histórias. 

Essa também é uma ótima forma de iniciar a sua fala. Assim, você já garante a atenção do seu público logo no início. 

 

Seja bem humorado

É muito fácil perder a atenção da sua audiência. Falas longas, mesmo que interessantes e muito bem embasadas, cansam a audiência. Por isso, é necessário sempre pensar em alguns “momentos de respiros”. Ou seja, um momento rápido de descontração para atrair novamente a atenção da plateia. Não existe melhor forma de fazer isso, do que com o bom humor.

O bom é que a sua fala seja bem humorada de maneira geral, porém não deixe de pensar nesses momentos específicos.

 

Tenha um tema central

Você sabe exatamente qual é a mensagem central que você quer passar? Aquilo que o público deve sair na mente. Se não sabe, pense mais um pouco. Para o seu discurso ter mais poder, você deve ter isso muito claro em mente. 

Esqueça a ideia de tentar alocar o máximo de informações e dados que você conseguir no tempo que possui para falar. Isso não funciona. Até o final da palestra, a sua audiência já esqueceu boa parte do que foi falado. Foque em enfatizar uma única e poderosa ideia. Essa ideia deve ser o título da sua palestra. Ele já vai dizer o que você vai trazer e toda a fala será apenas o desdobramento disso.

 

Não tenha medo dos silêncios

Algumas pessoas têm medo do silêncio, quando estão falando em público. Acham que isso pode transparecer como se você tivesse se esquecido o que ía falar, que perdeu o controle. Se souber utilizar o silêncio, ele pode ser uma importante ferramenta para justamente o oposto, te dar mais controle.

Silêncios intencionais geram tensão, prendem a audiência, dão uma respiro, uma pausa para pensar e enfatizar a última fala. Não tenha medo de utilizar o silêncio, ele pode servir muito ao seu favor.  

 

Sorria

Quem não gosta de um belo sorriso? Somos atraídos por sorrisos. Eles conectam as pessoas. Mais do que isso, um sorriso tem a capacidade de te energizar, além de deixar a sua voz ainda mais clara e confiante. Sorrir enquanto se fala, é uma antiga técnica de telemarketing para transparecer animação. Portanto, sorria!

 

Não se preocupe tanto com os erros

Ninguém quer cometer erros. Ao mesmo tempo, todos estamos sujeitos a isso, e vamos cometer. A sua preocupação aqui deve ser evitar os grandes erros, porém quanto aos pequenos, saiba que o público releva. 

Não é uma grande coisa gaguejar em uma frase, esquecer uma palavra, trocar um som, falar errado, inverter a ordem de uma explicação. São coisas banais que vão acontecer em algum momento. O que vai ditar a reação do público frente a esses erros é a sua reação. 

Se você brincar com seus erros e levar na esportiva, eles podem até ser uma ponte para se conectar ainda mais profundamente com a sua audiência, já que eles te humanizam. 

 

Seja você mesmo

O público se conecta com a sua autenticidade. Quando você tem a liberdade de ser você mesmo, você dá essa liberdade ao seu público também, que vai se sentir muito mais a vontade ao te ouvir. 

Não existe uma forma certa de falar em público. A melhor forma é aquela que vai gerar uma maior conexão e que vai permitir passar uma mensagem com mais facilidade. Tudo isso fica muito mais fácil se você se permitir fazer isso da forma que for mais natural para você. 

 

Técnicas de grandes oradores

Pode ser que você ache que falar em público não é para você, porque existem pessoas que parecem já ter nascido com esse dom. Pode até ser que algumas pessoas tenham uma predisposição para tal, mesmo assim com um pouco de treino qualquer um pode se dar bem. Veja algumas técnicas que os melhores utilizam. 

 

Tríade

Existe algo mágico no número três. Aquela ideia de três é demais não casa. Três é a quantidade perfeita. Aposte nessa quantidade para enfatizar ideias e citar exemplos. “Liberdade, fraternidade e igualdade”: esse é um belo exemplo de como uma tríade tem o poder de se fixar na mente. 

Use as tríades para fechar assuntos, dar exemplo, resumir um tema ou até para criar um “título” da sua fala. Funciona muito bem. 

 

Jornada

Você já viu algum grande orador, artista, palestrante contando uma história própria? Com certeza, não é? Compartilhar a própria jornada, um momento complicado ou até mesmo engraçado da sua vida é uma excelente forma de conquistar a empatia do público e ainda garantir a atenção (lembra do que já falamos sobre histórias?). Portanto, não perca a oportunidade de contar um relato pessoal.  

 

Anáforas

Você certamente já ouviu uma anáfora mas talvez não lembre o que significa. Essa é uma figura de linguagem que indica a repetição sucessiva de uma expressão no início de várias sentenças. 

Um exemplo muito conhecido acontece no famoso discurso de Martin Luther King “I have a dream”. Ele repete a expressão diversas vezes durante a fala para enfatizar a sua ideia principal. Uma prova de que funciona é que muita gente nunca ouviu o discurso inteiro mas se lembra dessa frase. 

Como foi possível perceber, falar em público é uma habilidade muito relevante hoje em dia. Em um mundo cada vez mais conectado, é preciso saber se expressar de uma forma compreensível e interessante. Mesmo se você não tiver esse talento natural, ainda é possível aprender técnicas e treinar bastante. Portanto, domine o seu medo, evite os erros mais comuns, siga as boas práticas que certamente você conseguirá se comunicar muito bem.

Não é só falar em público que gera arrepios nas pessoas. Falar de um para um também pode ser bastante desafiador, se o que tiver que ser dito for algo sensível. Veja como lidar com conversas difíceis